Páginas

sábado, junho 18, 2011

Passagens...

Trago rugas no rosto
Rugas de uma vida inteira
Mesmo em pouca idade
Dia a dia me é proposto
Assumir mais uma mensagem

Mensagem de dor e ausência
Põe meu pensamento em desalinho
Feita de lágrimas e insistência
Que a vida pôs no meu caminho.

Insistência de permanecer aqui
Sem vida, como nuvem descendo ao chão
Faz tempo que a ternura escondi
Num recanto escuro do coração.
Minha palavra trago esfarrapada
E o vento já não me acaricia
Sinto minha carne pisada
Por ver passar mais um dia.

Nem a solidão por companheiro já tenho.
Por me sentir tão só.

Companhia nenhuma, sufoco na escuridão
Há séculos se repete esta primavera
E eu a mesma ave a esvoaçar
Talvez haja outra ainda à minha espera
E eu terei, na boca um pássaro para cantar.

Se o resto de esperança
de mim não abalar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
This work by Sara Müssnich is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.