Páginas

quinta-feira, abril 12, 2012

Rutilante

Borboleta de asas sem cor.
Ziguezagueando segue a pequena,
Voas tão baixo, passeia serena.

Sinto o vento a farfalhar as folhas das árvores. Folhas de sal refletindo a dança da pequenina de asas desbotadas.
Sobre o terreno úmido o céu clareia e o vento inunda o ambiente, os cabelos murmuram as palavras que ele transmite.
No meio de tantos cantos de pássaros, só tua voz que ressoa em meus pensamentos.

Não sei se esta claro pra ti ou pra mim, doce borboleta...

4 comentários:

Licença Creative Commons
This work by Sara Müssnich is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.