Páginas

sexta-feira, setembro 30, 2011

Velhice

Tez escura, ressequida
No meio da noite, esquecida.
Observando a luz da lua
Cada calo de sua mão.

Marcas de orgulho, outras de dor
Lembranças tão límpidas na mente
E mesmo com corpo doente
A engelhada sorri para si, satisfeita.

E no vento que invade a janela
As memórias pegam carona
E no meio da noite singela
O sono lhe vem a tona.

2 comentários:

  1. Oie lindinha
    aqui e o marquinho lá do orkut e do filmow
    to vendo o blog aqui parabéns pelo Blog
    lindo trabalho o seu por aqui
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Marquinho, obrigada pela visita.
    Que bom que esta gostando.
    Volte sempre. beijos.

    ResponderExcluir

Licença Creative Commons
This work by Sara Müssnich is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.